E-SPORTS NEWS GEEK ZONE

Tutorial básico PC Gamer: Processador

Como escolher um processador

Os jogos lançados atualmente apresentam gráficos tão realistas que exigem do PC Gamer um computador bem preparado com uma placa de vídeo potente, memória RAM pra dar e vender e, é claro, espaço de sobra de armazenamento. Como tudo na vida tem um preço, um computador gamer  capaz de rodar todos os jogos com as configurações gráficas setadas no máximo custa bem caro.

No início desse ano montei por conta própria um computador gamer. Como eu não tinha um orçamento muito grande disponível, meu foco era ter um computador que pudesse rodar Dota 2 (meu vício) e alguns outros jogos da atual geração sem grandes problemas. Hoje posso dizer que fui bem-sucedido nessa missão, e como tenho visto nas redes sociais cada vez mais pessoas pedindo dicas de como montar o PC ideal, resolvi criar esse breve tutorial para ajudar.

Antes de mais nada já digo de antemão que esse tutorial não vai abordar os assuntos sobre mouse, teclado, headset e monitor. Meu objetivo é ajudar a escolher o hardware do gabinete, já os periféricos são opcionais. Irei apenas dar um caminho e uma sequência a seguir para escolher os componentes internos de acordo com seu bolso. Toda opinião postada aqui é pessoal e baseada na escolha e uso das peças feita pelo autor.

  • Para não ficar um post muito longo, irei dividi-lo nos seguintes temas: Processador, Placa-mãe, Memória Ram, Placa de vídeo, HD, Fonte e por último o gabinete.

 

O primeiro passo para montar um PC gamer é definir o seu orçamento, ou seja, quanto você está disposto a pagar nas peças. Se você tem um orçamento flexível, você pode ir escolhendo as peças sem se importar muito com o preço e verificar se no final o valor está de acordo com o seu bolso e caso não esteja, escolher quais peças você pode substituir para chegar à quantia que você pretende gastar. Ou você pode fazer como eu e definir um valor fixo que você esteja disposto a pagar e vir escolhendo as peças em ordem de prioridade e subtraindo o valor da mesma do total disponível até a conta bater.

Um dos componentes mais importante de um computador sem duvidas é o processador. É ele que, como o nome já diz, vai processar todas as suas informações. Seja jogando ou apenas navegando na web, se você não tiver um bom processador provavelmente seu computador vai apresentar lentidões e até alguns travamentos em determinadas situações.

Muito se fala sobre a briga entre processadores AMD e Intel, na minha opinião ambos fabricantes possuem ótimos processadores. Óbvio que há diferenças entre as marcas, embora na maioria da vezes não há grande variação na performance ao se comparar processadores do mesmo nível. Quando escolhi meu processador, defini como prioridade o seguinte fator: o custo. Eu procurava um processador que não fosse caro, mas que conseguisse rodar os jogos que eu queria, independente se seria AMD ou Intel. Optei por um processador da AMD, modelo FX-8350 Octa-Core 4.0 Ghz que pode ser comparado em performance com os processadores Intel i7-2600 e i5-3570K, mas que comparado no quesito preço, custaria aproximadamente 1/3 dos valores da concorrente.

Uma coisa importante que pode te ajudar a economizar é escolher um processador que já venha com cooler incluso. Em geral os coolers originais inclusos com o processador possuem dimensionamento adequado para evitar que o processador superaqueça.

Existem inúmeros sites, como por exemplo o www.cpubenchmark.net, onde você pode comparar processadores em questão de performance e até mesmo verificar como o processador escolhido se sai rodando um determinado jogo.

 

Espero ter ajudado e caso tenha alguma dúvida, é só comentar aqui embaixo que irei responder com maior prazer. Nos vemos no proximo passo desse tutorial quando falaremos sobre a placa-mãe!

Até lá!



Curta a página da Paradoxal News no Facebook: Paradoxal News


Inscreva-se para receber nossa newsletter e fique por dentro de tudo que rola no universo gamer.



um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.