DOTA 2 E-SPORTS NEWS PC GAMES

Virtus.Pro eliminada e Kingão na All-Star Match. Tudo sobre o quarto dia de Playoffs do TI 2018!

Apenas 5 equipes permanecem vivas no torneio!

Mais um dia se passou no The International 2018 e os resultados surpreendentes continuam acontecendo, provando novamente que não há favoritismo na prática em um torneio desse nível. Como as três partidas do dia foram realizadas pela chave dos perdedores, consequentemente tivemos três equipes eliminadas: Optic Gaming, VGJ.Storm e, para a tristeza de muitos apostadores, a poderosa Virtus.Pro. Mas enquanto algumas equipes decepcionaram seus fãs, outras duas seguem fazendo-os sorrir de orelha a orelha: Evil Geniuses e Team Secret. As duas equipes venceram seus embates e seguem muito vivas na disputa pelo título.
Nenhum texto alternativo automático disponível.

O adeus da Optic Gaming

Antes de ser eliminada do torneio na última partida do dia, a Virtus.Pro teve que passar pelo astro “PPD” e seus comandados. Muitos esperavam uma vitória tranquila dos russos, mas não foi exatamente o que aconteceu…

Virtus.Pro 2 x 1 Optic Gaming
ID das partidas: 4076043995 / 4076114893 / 4076188379

Logo na abertura do dia, a VP sofreu um grande susto e foi derrotada pela Optic de forma avassaladora. Foram 31 minutos de domínio norte-americano, que conseguiu acabar com a fase de rotas dos russos com duas escolhas estratégicas de heróis. Primeiro foi o Huskar de “CCnC” (11/0) na lane central, que simplesmente acabou com o jogo do Dragon Knight de “No[O]ne”. E segundo o Clinkz de “Pajkatt” (11/0), que simplesmente ignorou a redução de velocidade de ataque da Enchantress de “9Pasha” e não a deixou respirar. No jogo 2, foi a vez da VP ligar o rolo compressor e atropelar a Optic em 42 minutos com 62 a 24 no placar geral. Destaque para o Tiny do Offlaner “9Pasha”, que fechou a conta com um impressionante 20/2 no marcador. Na partida que decretou a virada russa, novo show do herói de pedra Tiny, que dessa vez foi utilizado por “No[O]ne”. O Midlaner anotou 11/2 e foi o destaque da partida que durou apenas 24 minutos e teve 33 a 17 no placar geral a favor da VP. A derrota por 2×1 eliminou a Optic Gaming do torneio e lhe garantiu a sétima colocação.

Show da Secret

Apesar de ser uma das equipes mais conhecidas e tradicionais do cenário competitivo, a Team Secret de “Puppey” não entrou no torneio como uma das favoritas para levar a Aegis pra casa. E mesmo agora, estando entre as 5 últimas finalistas, a maior parte do público geral ainda consegue não vê-la como uma das possíveis campeãs do torneio. Mas o fato é que a equipe secreta segue comendo pelas beiradas e proporcionando partidas memoráveis para os amantes do Dota 2.

Team Secret 2 x 0 VGJ.Storm
ID das partidas:  4076257095 / 4076314248

Dominante na fase de grupos e com o astro “Resolut1on” em um momento iluminado, a VGJ.Storm entrou neste embate contra a Team Secret como favorita. Porém, parece que aquela velha história do peso da camisa não é restrita apenas ao futebol e logo no jogo 1 a Storm percebeu isso de uma forma bem desagradável. O placar final de 25 a 9 a favor da equipe europeia reflete bem o que foi a partida, com direito a novo show do Meepo de “Ace” (6/1) e do Clinkz de “MidOne” (11/0). Vitória maiúscula dos comandados de “Puppey”. O jogo 2 foi daqueles que todo fã de Dota deveria assistir, repleto de reviravoltas no placar, team fights alucinantes e jogadas que demandam grande habilidade individual. E se habilidade era a palavra da vez, coube ao incrível “Yapz0r” (8/4/23) conquistar o posto de destaque individual da partida com seu “Elder Titan” exercendo um controle impressionante na grande maioria das lutas. Vitória da Secret em 55 minutos com 40 a 35 no placar. O resultado eliminou a VGJ.Storm, que terminou o campeonato na oitava colocação.

Queda da favorita

A grande surpresa do dia foi a eliminação da Virtus.Pro, equipe russa que dominou a temporada pré-mundial e que entrou no torneio como a líder do ranking de pontuação criado pela Valve. A responsável por eliminar a VP e acabar com as apostas de muita gente foi a Evil Geniuses, que segue surpreendendo até seus fãs mais otimistas neste TI.

Evil Geniuses 2 x 0 Virtus.Pro
ID das partidas: 4076431752 / 4076485641

No jogo 1, a equipe norte-americana entrou disposta a mostrar que não chegou até essa fase do torneio por acaso e venceu a poderosa adversária de forma contundente. Com um show a parte do Storm Spirit do menino “Suma1L” (12/1), a EG dominou as ações e a vantagem no patrimônio líquido desde o início da partida. GG em 35 minutos com 27/17 no placar e drama russo. No jogo 2, a VP apostou na famosa Ursa Warrior de “Ramzes666” (11/6) para frear o Midlaner da EG na fase de rotas e não deixá-lo crescer novamente. A estratégia se mostrou acertada e “Suma1L” (Alchemist) (9/5) se viu obrigado a abandonar sua rota antes mesmo do level 6 para tentar farmar nos creeps neutros. Então coube a “Arteezy” (Mirana) assumir o protagonismo da EG com flechas extremamente precisas e abates estratégicos, que deram o espaço necessário para que “Suma1L” pudesse se recuperar na partida e ajudar sua equipe a vencer novamente. Menção honrosa para o suporte “Cr1t-“, que conseguiu impressionantes 25 assistências em sua Vengeful Spirit ao final da partida. Eliminada, a VP ficou com a quinta colocação.

 

Jogo das Estrelas sem brilho

Mas nem só de drama e eliminações vive o TI. Além das partidas do evento principal, tivemos ontem também a tradicional “All-Star Match”, também conhecida como Jogo das Estrelas. De um lado estava a “Team BurNIng”, formada por “SCCC” (Newbee), “Pajkatt” (Optic Gaming), “Miracle-” (Team Liquid), “kpii” (Newbee) e “JerAx” (OG). Do outro estava a “Team rOtk”, formada por “EternaLEnVy” (Fnatic), “Kingrd” (PaiN Gaming), “Arteezy” (Evil Geniuses), “LaNm” (Vici Gaming) e “Solo” (Virtus.Pro).

Muitos esperavam por uma partida divertida e interessante, já que havia grandes nomes do cenário internacional envolvidos. Porém, a escolha de realizar o embate no modo “Mutação”, onde determinadas condições atípicas ocorrem (como a possibilidade de criar torres no mapa e invocar o Roshan), acabou transformando a partida numa brincadeira boba e que acabou nem sendo tão divertida assim, já que teve apenas 14 minutos de duração. A vitória foi para a Team BurNIng, mas o que chamou mais a atenção foi a conta utilizada pelo russo “Solo” para a disputa da partida. Com o nome de “Klotão” e a foto de um peruano como avatar, é bem provável que a conta em questão tenha sido cedida pelo nosso querido Kingão como uma brincadeira.

 



Curta a página da Paradoxal News no Facebook: Paradoxal News


Inscreva-se para receber nossa newsletter e fique por dentro de tudo que rola no universo gamer.



Anúncios