CS:GO E-SPORTS NEWS

CS:GO – Astralis é campeã do FACEIT Major Londres 2018

Chegou ao fim a competição mais importante desse segundo semestre. Muitos jogos bons para os nossos olhos e jogadores mostrando que ainda têm muita lenha pra queimar.

A equipe que se destacou dentro do campeonato foi a dinamarquesa Astralis. Jogaram MUITO e garantiram o título contra a equipe da NaVi, de s1mple. Levaram como prêmio nada menos do que QUINHENTOS MIL DÓLARES… É pouco? E tem quem diga que é apenas um “joguinho”.

O time dinamarquês jogou a primeira fase (qualificatória) e ainda passou por gigantes do cenário mundial na fase de mata-mata para garantir o título. Sem perder um mapa se quer na última etapa do torneio, a Astralis desbancou nada menos do que FaZe Clan, Team Liquid antes da final contra a Natus Vincere.

Sem título
Trajetória da Astralis ao longo da competição (Fonte: HLTV.org, 23/09/2018)

 

MVP MAJOR LONDRES 2018

Não poderia ser diferente. O jogador considerado o melhor do torneio foi Nicolai “device” Reedtz, muito merecido por sinal. Jogou o fino do CS:GO em todas as partidas do Major. Não poderíamos deixar de lado também o grande torneio que fizeram seus companheiros de equipe gla1ve e Magisk.

1537733267.9813
device recebendo o prêmio de MVP do torneio (Fonte: HLTV.org, 23/09/2018)

 

A FINAL

Os mapas escolhidos para o último jogo do campeonato foram Nuke (pick da Astralis) e Overpass (pick da NaVi). Se houvesse um terceiro jogo seria no mapa Inferno.  No primeiro jogo (Nuke), o time da Astralis venceu por 16-6 e veio com sangue nos olhos para finalizar a competição na Overpass, vencendo este por 16-9.

O player destaque dessa final foi Lukas “gla1ve Rossander. Confira suas estatísticas: 

sdsda
gla1ve se destaca na final (Fonte: HLTV.org, 23/09/2018)

 

Futuro

Com campeonatos mal jogados e sem o aproveitamento esperado, algumas organizações estão mudando suas line-up’s afim de garantirem melhores resultados em torneios futuros. Um dos casos é o da fnatic, que colocou o lendário Robin “flusha” Rönnquist no banco e contratou  o belga Adil “ScreaM” Benrlitom para o seu lugar.

Outra substituição que pode ocorrer e circula nos bastidores do cenário é a ida de Marcelo “coldzera” David para a Team Liquid. Essa noticia não foi confirmado ainda e por enquanto não passa de um boato, mas seria interessante ter novamente TACO e coldzera no mesmo time.

Podemos esperar mudanças na Line-up da FaZe Clan também. Com um resultado muito abaixo do esperado no torneio,  Finn “karrigan” Andersen é o favorito para deixar a organização européia. Para o seu lugar, a FaZe pode apostar em Issa “ISSAA” Murad, do HellRaisers.

Podemos esperar algumas mudanças no cenário competitivo daqui pra frente… Mas uma coisa que não mudará é que atualmente a Astralis é o time a ser batido. Cada jogo uma nova aula. Parabéns aos dinamarqueses!

 



Quer desenvolver o hábito da leitura mas não quer largar os games? Trouxemos um vídeo que fala dos 7 livros de jogos que você pode começar a ler e ainda entender um pouco mais sobre o seu universo favorito!





Inscreva-se para receber nossa newsletter e fique por dentro de tudo que rola no universo gamer.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.