E-SPORTS NEWS NINTENDO

Nintendo se pronuncia sobre crítica de racismo em Super Smash Bros. Ultimate

No início dessa semana a Nintendo foi duramente criticada por referências racistas ao que dizia respeito ao Mr. Game & Watch no jogo que ainda será lançado em dezembro.

smash-1142551
Caracterização do personagem que causou as críticas

Um dos ataques fazia referência ao jogo de 1982, Fire Attack, no qual era um jogo cowboy onde o jogador tinha que defender o forte dos americanos nativos (indígenas) que vinham munidos de tochas e usavam penas em suas cabeças.

A Nintendo afirmou para a Eurogamer que irá lançar um update que retira a pena da silhueta do Mr. Game & Watch, e que essa caracterização foi lançada com base nos valores da companhia há mais de 30 anos atrás e que hoje os valores da companhia mudaram e essa caracterização já não é mais compatível com a Nintendo.

Além disso, a grande companhia se desculpou:

“We sincerely apologise that this change was not noticed in our marketing material and are continuing our work to make Super Smash Bros. Ultimate an experience that is both welcoming and fun for everyone.”

Em tradução livre:

“Nossas mais sinceras desculpas por essa mudança que não foi percebida em nosso material de marketing, e estamos continuando com nosso trabalho para fazer com que Super Smash Bros. Ultimate seja uma experiência que seja tanto acolhedora quanto divertida para todos”

 

Curta a página da Paradoxal News no Facebook: Paradoxal News



Curta a página da Paradoxal News no Facebook: Paradoxal News


Inscreva-se para receber nossa newsletter e fique por dentro de tudo que rola no universo gamer.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.