E-SPORTS NEWS LEAGUE OF LEGENDS

O que esperar do competitivo brasileiro de League of Legends em 2019?

Mais um ano está no fim, e pode-se dizer que foi um ano de grande aprendizado para o competitivo brasileiro de League of Legends. Fato é que após decepções e uma jogabilidade abaixo das perspectivas o cenário deixou de se iludir e se pôs no seu lugar. A verdade é que: a região brasileira de League está abaixo do lugar que sempre pensou estar.

O cenário, neste ano de 2018, acabou com as várias das desculpas que existiam ao perder um campeonato, e a última delas foi “nunca tivemos um representante brasileiro duas vezes seguidas nos representando internacionalmente”. Tal “desculpa” acabou quando a KaBuM! e-Sports ganhou os dois circuitos do CBLOL e fez um “papelão” nos dois campeonatos internacionais. Com exceção do Dynquedo, que foi eleito, inclusive, o melhor atleta de League of Legends do Brasil em 2018, merecidamente.

Resultado de imagem para cblol 2019
Fonte: League of Legends Brasil

O ano de 2019 pode ser a redenção do cenário brasileiro. As expectativas, após diversas falhas, não podem mais piorar. E o Brasil seguiu os passos da região Turca, por exemplo, trazendo diversos Sul-Coreanos novamente para cá e, principalmente, as grandes equipes investiram em uma comissão técnica de verdade pela primeira vez. Já outras equipes preferem continuar fingindo que possuem uma comissão e um time que, milagrosamente, trará o campeonato pra eles, como foi o caso da Team One em 2017.

A partir do ano que vem, não haverá espaço pra falhas mais. O competitivo brasileiro já falhou muito e ainda assim recebe investimentos. Não obter resultados sólidos podem trazer grandes consequências em uma não consolidação.

O CBLOL 2019 começará no dia 12 de janeiro, com um novo formato e já com a revanche entre KaBuM! e Fla e-Sports, tendo toda cobertura aqui, na Paradoxal News.



Curta a página da Paradoxal News no Facebook: Paradoxal News


Inscreva-se para receber nossa newsletter e fique por dentro de tudo que rola no universo gamer.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.