E-SPORTS NEWS PUBG REFLEXÕES AFK

E agora PUBG?

Nos últimos 30 dias o PUBG vem sofrendo uma queda de jogadores simultâneos, sabemos que destes dias os últimos 12 tem um motivo que se chama: Apex Legends. Lançado no dia 04/02, Apex Legends já atingiu 25 milhões de jogadores, superando até o Fortnite em visualizações diárias na Twitch. Mas seria esse o jogo que acabaria com o PUBG?

 

stats pubg 2.png
img retirada do site steamcharts – 16/02/2019

Muito tem se falado sobre o fim do PUBG, principalmente depois dos lançamentos de concorrentes de peso, como Blackout e, sobretudo, Apex Legends. Mas existem diversos fatores a se considerar antes de afirmar que o PUBG estaria chegando aos seus últimos dias. O novo battle royale da EA Games é um free-to-play que entrou forte na disputa, e possui uma aceitação do público muito alta. Essa aprovação começa pelo fato de se tratar de um jogo gratuito, com requisitos de sistema mais generosos e por ter sido lançado exatamente em um período em que a comunidade de PUBG esperava por uma resposta de sua desenvolvedora.

 

O momento não poderia ser mais propício para fazer com que o público de Battle Royale voltasse toda sua atenção para Apex. Divertido, dinâmico e hype do momento, Apex trouxe um alívio imediato para a comunidade, porém, sabemos que ele não é a nossa resposta definitiva. Uma das características que mais agradam os fãs de PUBG é o fato do jogo ser bastante realístico em vários detalhes, apesar de parte dos jogadores terem problemas com o desempenho gráfico. Mesmo assim não podemos negar que até hoje nenhum jogo desta categoria conseguiu superá-lo nesse quesito, uma das maiores razões para amarmos tanto este jogo.

Enquanto Apex entrega um visual menos cartunesco que Fortnite, mas ainda com traços de Overwatch, ele também consegue ter um desempenho melhor em computadores mais fracos. E também consegue entrega diversão sem que o jogador perca sua paciência por ter tido um drop de FPS enquanto pulava apenas uma pedra (quem nunca?). O que vale a pena frisar é que Apex é um jogo que carrega o código da franquia Titanfall (toda a equipe esteve presente no Titanfall 1 e 2), ou seja, muitos dos problemas já foram solucionados, enquanto PUBG é um código totalmente novo e em desenvolvimento (mesmo não sendo mais um ‘beta’).

Mas e o PUBG nisso tudo?

PUBG continua sendo o maior jogo de Battle Royale. E apesar de todas suas quedas, sabemos que foi ele o responsável por estourar categoria. Mas a comunidade ainda espera que a desenvolvedora volte a entregar o que tanto se espera, principalmente no que se refere a novidades em relação ao PUBG Lite. Não podemos esquecer da versão mais leve que uma equipe totalmente nova da PUBG Corp está preparando para os jogadores.

Também podemos perceber que o PUBG, em outras regiões (NA, EU, Asia…), se mantém consolidado, inclusive com o seu competitivo estruturado para 2019. Um jogo que está mais focado em estratégias, táticas, posicionamentos (e sorte) do que simplesmente velocidade, além da adrenalina, que também faz a diferença no final. São pontos importantes que precisam ser levados em consideração.

Para concluir, acredito que este não será o fim de PUBG. Como já comparei em outros momentos, o Counter-Strike:GO também passou (e passa) por momentos ruins, no qual muitos acreditavam que o jogo estava estagnado e não evoluiria mais. Porém, continua sendo um dos jogos mais jogados no mundo inteiro. PUBG está seguindo os mesmos passos, porém estamos numa época em que a entrega de resultados precisa ser mais rápida. A internet não espera tanto, as novidades chegam a todos os momentos e os jogadores querem novidades.

stats pubg.png
Insira uma legenda


Quer desenvolver o hábito da leitura mas não quer largar os games? Trouxemos um vídeo que fala dos 7 livros de jogos que você pode começar a ler e ainda entender um pouco mais sobre o seu universo favorito!





Inscreva-se para receber nossa newsletter e fique por dentro de tudo que rola no universo gamer.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto: