DOTA 2 ESPORTS NEWS

Dota 2 – Conheça um pouco mais sobre Mars, o mais novo herói do game

A espera finalmente acabou! 

No dia 25 de Agosto do ano passado, a Valve divulgou um pequeno teaser para anunciar que Mars, o Deus da Guerra, seria o próximo herói a ser adicionado em seu MOBA. Desde então foram aproximadamente 7 meses de espera (e muito hype) até que finalmente pudéssemos testá-lo in game.

E agora que a espera acabou, vamos falar um pouco sobre esse herói, sua história, curiosidades e as primeiras impressões causadas.

História (lore)

“Marte, o primeiro filho do céu, passou uma longa vida numa guerra interminável e viu incontáveis ​​cruzadas serem travadas sob a bandeira de seu antigo nome. Guerras de conquista e de vingança, justas e injustas… Mas sempre cruéis. E assim como seu pai, Marte se entregou a seus impulsos mais primitivos – mas com inclinações ainda mais monstruosas do que as de Zeus – e infligiu um sofrimento incalculável.

Mas à medida que as épocas desapareciam atrás dele, as decisões egoístas de seu pai – além das desavenças com seus companheiros divinos mais piedosos, que o julgavam desprezível – finalmente começaram a representar nada pra ele. A guerra por si só não era mais suficiente para satisfazer seus desejos. Pela primeira vez em seus infinitos dias, o deus da guerra começou a questionar até que ponto ele balançou sua lança gloriosa.

Como o destino quis, a solução veio à sua cabeça facilmente: ele devia travar uma guerra por um propósito maior, e inspirar mais do que a mera selvageria e tristeza ao ver sua crista. Ele devia finalmente reivindicar o manto de liderança, que é seu direito de primogenitura, pois chegou a hora de incendiar o panteão da velhice e construir um novo império justo sobre as cinzas de seus parentes. Só então ele pode encontrar satisfação e tornar a glória de Marte evidente para todos.”

O texto acima é a história base do herói Mars traduzida de forma independente e a primeira conclusão óbvia a qual se pode chegar é a de que Mars com certeza possui diversos tipos de interações com Zeus, seu pai. Então fique ligado sempre que ambos forem aliados ou adversários em uma partida.

Outro herói que deve possuir algum tipo de relação com Mars é a Legion Commander, já que se trata de uma fervorosa comandante de guerra (“palco” favorito de Mars). Então vale a pena ficar antenado quando esses heróis estiverem no mesmo jogo também!

Habilidades e impressões

A primeira skill de Mars se chama “Spear of Mars” (Lança de Marte) e consiste em atirar uma lança flamejante num range de até 1200, causando até 325 de dano mágico em todas as unidades atingidas. Caso um herói inimigo seja atingido pela lança, ele será empurrado por ela e poderá ser atordoado por até 2,8 segundos se houver choque contra uma árvore, uma parede ou uma construção.

Sua segunda skill leva o nome de “God’s Rebuke” (Repreensão Divina). Ao ser ativada, Mars faz um arco à sua frente utilizando seu escudo, causando dano (físico) crítico em área de até 280% em relação ao dano base do herói.

Bulwark, sua terceira skill, é passiva e basicamente transforma Mars em um “Bristleback invertido”, ou seja, todo dano infligido por inimigos quando o herói está de frente é reduzido em até 70%, enquanto danos laterais são diminuídos em até 35%. Mas vale ressaltar que no caso do Mars, a redução funciona apenas contra ataques físicos.

A ultimate de Mars se chama “Arena of Blood” (Arena de Sangue). Nela, Mars faz surgir um domo redondo de 550 de range que não deixa os heróis adversários saírem andando (é possível blinkar para fora, por exemplo). Caso os inimigos se aproximem das paredes da Arena, eles sofrem dano mágico de até 250 e são empurrados na direção do centro do domo. Além disso, unidades inimigas que estiverem fora da Arena não conseguem atacar o lado de dentro com dano físico.

A primeira impressão que tive com Mars é que se trata de um herói ainda desbalanceado, como sempre acontece quando um novo herói é lançado. Sua skill “Spear of Mars” causa um dano muito alto em área e ainda tem a capacidade de “stunar” um herói adversário por quase 3 segundos. Se utilizada em conjunto com seu ultimate “Arena of Blood”, possui uma capacidade de abate e iniciação altíssima. E por falar na skill “Arena of Blood”, vale ressaltar que o tempo de recarga dessa habilidade no nível 3 é de apenas 60 segundos. Muito pouco para o estrago que ela é capaz de fazer se bem utilizada.

Utilização

Quanto à sua utilização, tenho notado que os jogadores basicamente estão fazendo as funções de “Offlane” e “Midlane” com este herói e pode-se dizer que ele responde bem das duas maneiras. Na lane vulnerável, sua skill passiva “Bulwark” garante uma ótima capacidade de sobrevivência e a “Spear of Mars” pode evitar ganks indesejadas, além de lhe garantir alguma capacidade de abate ainda bem cedo. Além disso, Mars consegue ter grande impacto no jogo tendo apenas com uma Adaga da Translocação, ou seja, é um herói que não tem tanta necessidade de construir itens e não precisa de muita prioridade de farm.

Em compensação, quando utilizado na lane central, Mars consegue crescer muito rápido e ganha uma capacidade de abate altíssima com sua ultimate, sobretudo contra heróis mais frágeis. E graças à sua segunda skill “God’s Rebuke”, que lhe garante muito dano físico em área, Mars não perde tanta força no late game.

Caso tenha um Mars em sua equipe, pode valer a pena investir em grandes habilidades de área. Heróis como Lich, Disruptor, Jakiro e Warlock podem tirar bom proveito da “Arena of Blood” de Mars. Em compensação, se estiver jogando contra um Mars, não é muito recomendado escolher uma Legion Commander, por exemplo, para lidar com ele, já que sua skill passiva reduz drásticamente ataques físicos. Por enquanto tenho conseguido obter êxito enfrentando este herói ao escolher o Pangolier, já que graças à sua movimentação da skill “Swashbuckle”, é possível escapar facilmente da Arena de Mars. Além disso, caso heróis aliados sejam presos dentro da Arena, é possível entrar nela utilizando o “Rolling Thunder” e manter os heróis adversários controlados.

Origem e curiosidades

A criação do herói Mars foi claramente inspirada em Marte (Mars em inglês), Deus da Guerra da mitologia romana. Mas curiosamente, na história do Dota 2, Marte é filho de Zeus (outro herói do game), um Deus da mitologia grega. Na mitologia romana, Marte é filho de Júpiter (pai de todos os deuses) com Juno (deusa do casamento), além de ser o pai dos gêmeos Rômulo e Remo, que foram criados por uma loba e fundaram a cidade de Roma.

mitologia-grega-ares
Representação de Marte na mitologia romana.

A Valve poderia ter simplificado um pouco as coisas e chamado seu novo herói de “Ares”, Deus da Guerra na mitologia grega e que também é filho de Zeus. O fato de terem introduzido uma referência à mitologia romana, pode significar que heróis futuros podem partir dessa base.

Vale lembrar também que os romanos deram o nome do mês de março em homenagem ao Deus da Guerra da mitologia. Talvez por isso a Valve tenha feito questão de introduzir o herói nessa data.

Fonte das informações históricas: http://www.suapesquisa.com



Quer desenvolver o hábito da leitura mas não quer largar os games? Trouxemos um vídeo que fala dos 7 livros de jogos que você pode começar a ler e ainda entender um pouco mais sobre o seu universo favorito!





Inscreva-se para receber nossa newsletter e fique por dentro de tudo que rola no universo gamer.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto: