E-SPORTS NEWS

League of Legends – Flamengo encerra parceria com Team oNe e será gerido unicamente pela Simplicity

A Team oNe não é mais a gestora do Flamengo eSports. A decisão, tomada pela Simplicity, se baseia no plano de manter as operações sustentáveis a longo prazo. Agora, a empresa norte-americana é a única responsável pela gestão do rubro-negro. Entenda o andamento de todo o ocorrido na história do Flamengo eSports para compreender as decisões num âmbito geral:

O Flamengo eSports foi fundado por meio de seu VP (Vice Presidente) de Marketing, Daniel Orlean. O projeto era manter o eSport como parte do Flamengo e abrir seus horizontes para diversos outros jogos cada vez mais, começando pelo League of Legends. Orlean era do governo Eduardo Bandeira de Mello, que perdeu as eleições para Rodolfo Landim, que é o atual presidente do CRF.

VP de Marketing na "era Bandeira", Daniel Orlean publica mensagem ...
Fonte: Flamengo (Daniel Orlean)

Com a vitória de Landim, ficou claro que o objetivo da atual presidência era único: vencer no Futebol. Ou seja, tudo que não era relacionado com vencer no futebol ficaria para segundo plano. E deu resultado. O Flamengo, no futebol, ganhou tudo. Entretanto, o projeto que estava sendo tocado por Orlean começou a ficar abandonado quanto mais o tempo se passava. E por mais que o título do Campeonato Brasileiro de League of Legends (CBLOL) tenha sido conquistado, não foi o suficiente para a diretoria do Flamengo mudar seu pensamento.

Com todos esses acontecimentos, e o conhecimento geral do cenário de que a diretoria não iria querer manter 100% sua atenção para o Esporte Eletrônico, o CRF começou a receber algumas propostas, como por exemplo a da Team oNe e da Simplicity, já mencionadas anteriormente aqui na Paradoxal News.

Flamengo licencia departamento de eSports para Simplicity, dos ...
Fonte: Globoesporte.com

A Team oNe e a Simplicity chegaram a um acordo que iriam gerenciar a marca do Flamengo no eSport. A Simplicity comandaria administrativamente, enquanto a Team oNe iria gerenciar as contratações, reforços, lineups e fornecimento do Game Office, em um Shopping de SP. E isso irá gerar graves consequências para o prosseguimento do CBLOL.

O Flamengo está com grandes dificuldades nas últimas semanas. A demissão de seus reservas devido ao Covid-19, a saída do Coach coreano Stardust e a volta de Luci para Coreia do Sul, por problemas de saúde, são as causas das derrotas nos últimos dias. Entretanto, tudo isso se deve a uma única coisa: planejamento.

Lembremos quando o atirador, astro do Flamengo até então, Felipe “brTT” Gonçalves mencionou sua saída do Flamengo como “não acredito no projeto”. Já haviam dúvidas sobre a capacidade da Team oNe de gerenciar os rubro-negros desde aquela época. Mas ainda assim conseguiram realizar boas contratações, como o Ranger e Absolut e manter sua lineup após as saídas de brTT e Shrimp. Entretanto, o planejamento não é apenas reforçar sua equipe após perdas. O planejamento se dá com uma organização geral, planos para o futuro, cuidado com os seus atletas individualmente, planejamento de crise, entre diversos outros fatores que a administração do Flamengo não mostrou ter, nesse ano.

LoL: brTT anuncia saída do Flamengo eSports | Atletas | TechTudo
Fonte: Lol esports BR

Jed Kaplan, sócio majoritário da Simplicity, declarou: “a Team oNe não está mais envolvida nas operações diárias do Flamengo”.

“Por causa da importância do projeto do Flamengo Esports, fizemos mudanças para que o gerenciamento do time seja consistente com os padrões e expectativas da Nação Flamenguista e à cultura da Simplicity. Nós entendemos completamente a responsabilidade e honra como responsáveis pelo Flamengo Esports no CBLoL”, declarou Kaplan.

League of Legends – Flamengo Esports será administrado pela mesma ...
Fonte: Memphis Grizzlies

Como dito anteriormente, agora a Simplicity é a única responsável pela gestão do Flamengo eSports, incluindo a administração financeira e também a coordenação dos profissionais, staff e jogadores.

O principal motivo para o racha entre Team oNe e Simplicity foi justamente a administração do Flamengo. Enquanto a empresa norte-americana entrava como principal investidora, a organização brasileira entrava com sua estrutura já pronta. Além de gerenciar os profissionais e ceder espaços no Centro de Treinamento, os Golden Boys eram responsáveis pela captação de patrocinadores e contratação de novos jogadores. Agora, tudo isso ficará a cargo da Simplicity.

E aí, acham que com tais decisões o Flamengo eSports voltará com a sua organização ou todos esses acontecimentos gerou uma crise que será impossível de ser limpada a curto prazo?



Quer desenvolver o hábito da leitura mas não quer largar os games? Trouxemos um vídeo que fala dos 7 livros de jogos que você pode começar a ler e ainda entender um pouco mais sobre o seu universo favorito!





Inscreva-se para receber nossa newsletter e fique por dentro de tudo que rola no universo gamer.