ESPORTS NEWS RAINBOW 6: SIEGE

Rainbow Six – Guia de submetralhadoras do Siege

A submetralhadora (SMG) é uma das categorias de arma presentes do Rainbow Six, sendo ela uma das mais importantes do game da Ubisoft. Sua capacidade destrutiva em distâncias curtas e a velocidade com que despeja balas fazem destas armas ferramentas essenciais em momentos críticos dos rounds. Mas, você sabe jogar com elas?

Hoje a Paradoxal News traz um guia completo sobre as submetralhadoras no R6. Buscando assim apresentar essas armas, quais suas diferentes subcategorias e como utilizá-las. 

+ Rainbow Six – Dicas de como reforçar as paredes na defesa

Quais são as submetralhadoras do R6?

O game de FPS e estratégia conta com duas categorias de submetralhadora, as SMGs tradicionais e as pistolas-metralhadoras. De acordo com o loadout dos operadores disponível no site da Ubisoft, há cerca de 24 submetralhadoras no R6. Dessas, cinco são pistolas-metralhadoras que podem ser escolhidas como secundárias.

A arma que está presente em mais operadores é a SMG-11, que pode ser selecionada como opcional para: Sledge, Mute, Smoke e Amaru. Essa é uma das mais poderosas no jogo, mas também uma das mais difíceis de controlar.

Lista com todas as submetralhadoras do R6 | Créditos: Freepik (vector_corp) / Lucas Bichão

Abaixo você conseguirá ver todas as submetralhadoras e pistolas-metralhadoras existentes no R6. 

Quais são as submetralhadoras mais fáceis de jogar?

Em geral, as submetralhadoras mais fáceis de jogar no R6 são aquelas escaladas como primárias. Com ótima taxa de disparos e recuo relativamente fácil, essas armas costumam ser a melhor pedida para combates em curta e média distância. Justamente por isso são os defensores que possuem a maioria delas, já que muitas das vezes seu confronto será dentro de ambientes limitados. 

No vídeo “TOP 5: Melhores Armas da Defesa”, do canal do Nerd Engenheiro, quatro das cinco armas escolhidas foram submetralhadoras. São elas: MP7 (Bandit), UMP45 (Pulse / Castle), K1A (Vigil) e T-5 SMG (Lesion / Oryx). Todas elas foram selecionadas por motivos específicos, mas no vídeo é ressaltado sempre o combo feito entre Taxa de Disparos, Dano e Recuo. Sendo até recomendado o uso delas por iniciantes.

No grupo dessas armas ainda é possível acrescentar a MP5 e a MPX. Ambas são capazes de fazer um grande estrago, além de terem um fácil domínio. A MP5 nas mãos de Rook ainda tem a vantagem de contar com uma mira 2x, dando assim maior visão para o defensor. 

Quais são as submetralhadoras mais difíceis de jogar?

É unanimidade dizer que as pistolas-submetralhadoras estão entre as mais difíceis de se dominar no game. O frequente recuo alto não compensa, para muitos jogadores, a capacidade da taxa de disparos. Essas submetralhadoras requerem uma precisão alta, assim como uma capacidade boa de strafe

SMG-11, SMG-12 e SPSMG9 são armas que refletem bem a dificuldade de dominar uma submetralhadora no R6. Apesar disso, estão entre as mais escolhidas das secundárias, justamente por serem boas opções no lugar das pistolas. Operadores como Mute e Smoke dificilmente carregam outra arma na primária além da 12. Portanto, é necessário ter uma opção de maior velocidade na secundária.

Outra arma que merece esse “destaque negativo” é a SCORPION EVO 3 A1, disponível para a operadora Ela. Apesar do número alto de balas (40), seu dano baixo aliado ao recuo espalhafatoso torna o seu uso difícil. É preciso dosar os disparos, pois quanto mais balas despejadas em uma mesma rajada menor será o controle da arma. 

Fonte: Rainbow Six Siege (Data: 11/11/2020)

Como jogar com submetralhadoras no R6?

A curva de aprendizado das submetralhadoras no R6 pode ser bem simples com as melhores opções disponíveis. A UMP5, por exemplo, tem um recuo basicamente imperceptível e é capaz de de causar bom dano no adversário (38). Mas, essa curva pode ser maior quando analisadas armas como a SMG-11. 

Para controlar o recuo de armas que sobem demais, é preciso ter consciência de que um spray longo pode fatal para você. Por isso, quanto menos balas você despejar de sua arma mais fácil será o controle. A taxa de disparos da SMG-11 é bem alta (1.270), um pequeno toque no mouse ou no botão do controle já é suficiente para não perder a mão. Trazer a mira para baixo enquanto atira também é altamente necessário, do contrário você perderá o controle da arma. 

Nessas armas, mirar na altura do peito também pode ser uma opção. Já que elas costumam subir demais, a chance de você acertar um HS pelo movimento natural da arma aumenta. Trazendo novamente a SMG-11, por ter poucas balas no pente (16), ela precisa que você seja certeiro ao atirar. Portanto, se você acetar a primeira rajada já terá conseguido derrubar um inimigo.

Fonte: Rainbow Six Siege (Data: 11/11/2020)

Outras dicas simples, mas efetivas: 

  • Evite confrontos de média e longa distância; 
  • Observe bem o padrão de recuo; 
  • Utilize o máximo de acessórios para diminuir o recuo. 

Bom posicionamento também é essencial no uso de uma SMG, tanto para jogadas agressivas quanto para mais defensivas. Isso porque você deve estar próximo do inimigo. Surpreendê-lo também é uma boa pedida, afinal seu tempo de reação será menor e você poderá se recuperar de uma possível pinada.

Leia mais:

+ Rainbow Six – Saiba como conseguir aos amuletos do Six Major no Twitch Drops

+ Rainbow Six – Guia de como atacar melhor nas partidas



Quer desenvolver o hábito da leitura mas não quer largar os games? Trouxemos um vídeo que fala dos 7 livros de jogos que você pode começar a ler e ainda entender um pouco mais sobre o seu universo favorito!





Inscreva-se para receber nossa newsletter e fique por dentro de tudo que rola no universo gamer.



%d blogueiros gostam disto: