ESPORTS NEWS RAINBOW 6: SIEGE

Rainbow Six – Black Dragons apresenta line Academy, essa que pode ser nova tendência

Apresentado junto a line principal, Resetz passará por um tempo de experiência na academy

Quando as mudanças no competitivo do Rainbow Six foram apresentadas em 2020, muitos se empolgaram com a possibilidade do surgimento das lines academy. A Ubisoft apresentou planos interessantes para esse cenário com a ideia de montar uma base para o surgimento de novas promessas. 

No entanto, a temporada passou e apenas a FURIA, dentre as equipes da elite do BR6, chegou a anunciar uma line up . Ao menos isso até antes de ontem (12), quando a Black Dragons apresentou para sua torcida sua nova base de talentos. Porém, o que teria incentivado os dragões a investirem nesse cenário? 

Segundo algumas informações, a Ubisoft mudou o formato de gestão das lines academy. Isso poderá fazer com que o movimento da Black Dragons possa se tornar uma tendência no cenário, pois ele abre muitas oportunidades para as organizações da elite. Em consequência os jovens talentos são beneficiados. 

Black Dragons Academy 

A Black Dragons apresentou sete nomes para a sua line academy e indicou que Pablo “Resetz” atuará nela neste primeiro semestre. Com o elenco montado, a equipe estará disponível para jogar a Liga Six e disputar vagas nos campeonatos do BR6 B e Copa do Brasil

Essa será uma chance de a organização capitalizar através de níveis mais baixos no R6, além de treinar a próxima geração que pode vestir a camisa do time principal. No entanto, esses não são os únicos benefícios que as organizações terão ao possuírem uma equipe Academy. 

Tendências das lines Academy 

Segundo algumas informações, ainda não oficiais, além de participar de torneios fora do Tier 1 há um benefício de troca maior entre ambas as lines. Um sexto player de uma line principal poderá ser movido para a line academy, o que acontecerá com Resetz. 

Outra possibilidade seria o de um titular da equipe principal jogar pela academy, porém há ressalvas nessa troca. O jogador precisa ser movido primeiro para a reserva e depois para a academy, ficando assim uma semana sem poder jogar pela line principal. 

As trocas entre ambas as lines estarão liberadas sem restrições dentro de períodos abertos para transferências, esses que se darão no final de cada etapa. Porém, são as possibilidades anteriores que podem mais atrair as organizações da elite. Isso porque existe uma chance de contratar uma promessa e ainda assim não deixar ela parada ou correndo o risco de atrapalhar seu crescimento atuando sob pressão na line principal. 

Essas mínimas mudanças podem gerar uma nova tendência no cenário nacional. Mudando não só o comportamento das grandes organizações, como também auxiliando melhor a base do Rainbow Six no Brasil. Afinal, imaginem o suporte que uma organização estrangeira como a Team Liquid não poderia dar para jovens atletas? 

Com essas possibilidades, a organização também se beneficia. Pois, pode disputar outras premiações de campeonatos que não participaria e ainda consegue uma rotatividade maior para momentos em que a fase não for boa. Um exemplo disso é a chance de Black Dragons disputar o Six Major e a line academy a Copa do Brasil.



Quer desenvolver o hábito da leitura mas não quer largar os games? Trouxemos um vídeo que fala dos 7 livros de jogos que você pode começar a ler e ainda entender um pouco mais sobre o seu universo favorito!





Inscreva-se para receber nossa newsletter e fique por dentro de tudo que rola no universo gamer.



1 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto: